HOME SOBRE RESENHAS ESCRITAS CONTATO PARCERIAS

Retalhos


link


É essa uma poética definição da palavra vida. É também uma das milhares formas que eu encontrei de ver a vida. Vê-la e aprecia-la cada vez mais por não nos deixar saber de nenhum de seus mistérios.

Mas esta definição em questão, é a dos retalhos. Se olharmos com atenção percebemos que nossa vida é uma grande colcha de retalhos que vamos costurando ao passar dos anos.

A cada novo momento vivido, um novo retalho.

Alguns têm uma colcha bem colorida e grande, bem costurada mesmo com pouca idade. Já outros têm apenas um pedacinho de pano esfarrapado e acinzentado, mesmo tendo tido tanto tempo para costura-lo.

O problema é quando alguém que nunca ligou muito para seus retalhos durante o tempo que teve para costura-los se arrepende e começa tudo de novo. Não entenda mal, nunca é tarde para recomeçar. Não é aí que mora o problema.
O problema está no tempo. Esta pessoa talvez tenha demorado demais e agora que quer uma colcha bem feita não terá tempo para termina-la.

Algo que me deixa feliz, é que as vezes vejo pessoas que, com tão pouco tempo já costuraram a colcha mais linda. A mais colorida. A que se destaca pela imensidão de retalhos de felicidade. Uma colcha bem feita, uma vida bem vivida.

Por muito tempo eu mesma não dei muita importância à minha própria colcha. Ela não era lá essas coisas, sabe?
Felizmente, mesmo com a pouca idade que ainda tenho, consegui ver que não valia a pena costurar uma colcha tão estranha. Eu também queria uma colcha colorida e feliz!

E foi então que eu decidi, de uma hora para outra. Eu simplesmente peguei a minha colcha e rasguei todos os meus retalhos ruins, deixando só os bons. E então costurei uma nova colcha, apenas com retalhos bons e felizes. É isso que venho fazendo desde então. Os retalhos ruins, eu guardo na gaveta e os esqueço. Os felizes eu costuro com a maior alegria em minha colcha, que, modéstia parte, está cada vez mais linda.

Ela fica ainda mais linda quando eu posso ajudar outras pessoas a costurar suas colchas. Faz bem tanto para mim, quanto para quem eu estou ajudando.

E a sua colcha? Como ela está?
Por que deixa-la cheia de retalhos mal feitos quando seus retalhos podem ser lindos e coloridos?
A vida não é colorida, ela é de colorir. E eu posso emprestar o lápis de cor, se quiser.


2 comentários:

  1. Depois deste texto, percebi que, minha colcha tem mais retalhos feios que bonitos e felizes.

    Acho que esse foi um um texto que falou mais da vida, de uma forma totalmente diferente, do que qualquer outro que eu já tenha lido.

    AMEI!

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora que já percebeu, espero que faça de tudo para mudar e melhorar seus retalhos. Vale a pena, e quando você olha e vê uma colcha linda, você percebe que valeu apena recomeçar.

      Fico muito feliz por ter te ajudado a ver a vida de uma forma diferente.

      Que bom que gostou <3
      Obrigada!

      Excluir

© Escritora por um acaso / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design / Ilustrações por: Kézia Martins
Tecnologia do Blogger.