HOME SOBRE RESENHAS ESCRITAS CONTATO PARCERIAS

Não é o fim

Foto: Notícias Universia

Olá leitores!
Hoje eu tenho uma notícia um pouco triste. Estarei me ausentando do blog por um tempo, pois preciso estudar e fazer algumas coisas no meu trabalho e não estou conseguindo conciliar tudo. O ENEM está chegando e por mais que eu saiba que um mês é muito pouco, preciso desse tempo para focar nas matérias e na redação e quem sabe, conseguir uma vaguinha na Federal.

Coisas para se fazer na Primavera

Tumblr
Olá gente!
Há algum tempo eu não escrevo um post desse tipo, mas hoje resolvi dar dicas à vocês sobre o que fazer na primavera - que é uma estação tão linda.

Particularmente, a primavera é uma das minhas estações preferidas (e olha que eu amo todas elas). Principalmente pelo fato da primavera ser a estação mais colorida de todas e mais cheia de vida.

Playlist beira-mar

(Foto: Laura Matias)

Olá, leitores!

Outubro está chegando e com ele vem aquela gostosa sensação de saber que o verão, as férias e a alegria estão próximos. É claro que não devemos focar tanto no verão que ainda está por vir e esquecer da reta final, pois a época entre outubro e dezembro é muito decisiva para muitas pessoas. Por isso, devemos ter ainda mais atenção com as nossas tarefas para que não percamos nem um dia quando o sol resolver marcar presença.

A ideia do post de hoje é trazer um pouco do espírito de verão nesse momento em que as pessoas ficam muito preocupadas com as milhares de tarefas a fazer. Então, resolvi fazer uma playlist praiana com músicas calmas e que são maravilhosas para se ouvir na praia para que possamos relaxar um pouco e ter ainda mais energia para concluir nossas metas.

Precisamos falar sobre você

Foto: Vitória Abdalla
                                                                       

40 segundos. A cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio. 40 segundos para decidir entre a vida e a morte. 40 segundos para desistir de tudo, quando não se consegue mais seguir em frente. Como podemos escolher, em 40 segundos, algo que é tão valioso, se demoramos 10 minutos para escolher o sabor da pizza ou que roupa vamos usar para sair?

Estações do Bem


Fonte: estações
Olá, queridos leitores!

Hoje marca o início da primavera e uma ideia surgiu.
Vamos criar uma campanha chamada Estações do Bem, onde, em cada nova estação do ano, praticaremos uma boa ação com a  participação de nosso público através de uma hashtag.

Basicamente, a cada nova estação, uma boa ação será feita à qualquer pessoa, por qualquer pessoa.

Nesta estação, a primavera, a boa ação será entregar uma flor (qualquer uma) à uma pessoa (sendo conhecida ou não do participante).

Para participar você deverá tirar uma foto ou fazer um vídeo da boa ação sendo feita e compartilhar em suas redes sociais usando a hashtag #PrimaveraDoAmor e nos marcar. Poderá ser compartilhada a sua boa ação por Facebook e Instagram. Na postagem da foto, marque mais um amigo para ele também participar desta corrente do bem.

Gratidão



Adicionar legenda

É raro encontrar gratidão em um mundo tão caótico. Caótico, mas tão lindo.
É raro encontrar pessoas boas em um mundo de maldade, um brilho no escuro, um sorriso entre lágrimas. É raro, mas ainda se encontra.

Agradecer é muito mais do que um "obrigado" apressado e as vezes, até mal educado. Vai muito além disso. Agradecer é continuar sorrindo para um mundo que só te bate. Agradecer é não perder o brilho nos olhos e a esperança de uma vida maravilhosa.

Gratidão é o que vem junto quando se encontra a felicidade e você passa a enxergar beleza até no que não é belo. Gratidão é ser feliz com o que se tem. É abrir os olhos todos os dias e em vez de reclamar, sorrir e desejar um bom dia para as pessoas no elevador do prédio. Ser grato por viver, por ter oportunidade de abrir os olhos mais uma vez e poder ver esta infinidade de coisas lindas que estão por aí.

Estou partindo

Pinterest


Abri os olhos e me deparei com uma imensidão. As estrelas brilhavam reluzentemente nesta noite. Talvez elas brilhassem da mesma maneira todos os dias, porém, eu nunca havia parado para contemplar tamanha beleza.

Estava deitada ali na areia da praia e me sentindo relativamente livre. Livre por não ter nenhum compromisso. Livre por não precisar explicar nada a ninguém. Livre por sentir o vento e a maresia correrem pelo meu rosto. Livre por poder ser eu. Apenas.

Logo adiante, era notável o reflexo da lua na água. Era como se a natureza fizesse uma passarela até mim, na esperança de que eu fechasse os olhos e me entregasse de corpo e alma a tudo o que oferecia.

Por um momento, desejei poder apreciar toda aquela luz de cima. É como se apenas eu pudesse observar a clareza em tamanha escuridão. Era como saber que, por mais que o escuro predomine, sempre haverá uma luz que fará com que tudo se ilumine de maneira singular.

Um Título Motivador.


O que você acha de parar de fazer essa cara e começar a sorrir? Sabia que é uma perda de tempo ficar assim? E ainda te digo mais, com um sorriso tão bonito quanto o seu, eu andaria sorrindo pela rua todo dia.

Tanta coisa linda para se ver nesse mundo, tanta coisa boa para se fazer, tanta gente precisando de uma ajudinha, tanta gente querendo a vida maravilhosa que você tem. E você aí se lamentando e esquecendo de agradecer e aproveitar!

Para mim... Daqui cinco anos.

Laura Matias



É estranho pensar que daqui a cinco anos nada estará igual e que pessoas irão e virão. Escrevo essa carta com a certeza de que daqui a cinco anos muita coisa terá mudado e que talvez. até mesmo. a minha personalidade seja outra. Talvez eu goste de coisas diferentes. A decisão é toda minha. Eu escolho cada passo. Eu decido tudo. Eu escrevo a minha história. Eu trilho o meu caminho.

O que mais quero ao abrir essa carta é saber que ao menos tentei conquistar todas as minhas metas e objetivos. Seria um feito ainda maior saber que tudo que sonhei e planejei para a minha vida terá sido realizado ou terá sido encaminhado.

Nesse momento, estou naquele velho banquinho na praça pensando se serei capaz de erguer a cabeça em todos os momentos da minha vida, principalmente naqueles em que eu mais precisar e menos acreditar. Estou pensando se serei firme e terei sabedoria para fazer e trilhar o meu caminho.

Sempre em frente

(Imagem: Pinterest)

Faltam 3 meses para o fim do ano. 3 meses para que as nossas vidas mudem de rumo. Alguns irão se mudar, outros entrarão para a faculdade. Uns irão fazer aquela viagem dos sonhos, outros irão para casa dos avós. Alguns ficarão felizes e outros nem tanto. 
É uma etapa de nossas vidas que está acabando e teremos que decidir o próximo passo. Para o recém formado, descobrir se quer fazer faculdade, qual curso e em qual lugar ou se vai fazer um curso técnico ou tirar aquele tempinho de folga das responsabilidades. Arrumar um emprego, quem sabe.
O mais incrível é que sempre deixamos para decidir nosso futuro em cima da hora, quando ele está batendo a nossa porta. Eu sou uma dessas pessoas, inclusive. Não seria muito mais fácil decidirmos o que queremos, o quanto antes, para estarmos preparados?! Talvez, não é?! 
Porém, o mais importante disso tudo, não são as decisões que vamos tomar, mas o caminho que percorremos até lá. As experiencias que vivemos, os momentos que passamos com pessoas que amamos, até os momentos tristes. O que importa são os dias que vivemos e aproveitamos. Obvio que as decisões também são importantes, pois elas nos darão um rumo na vida. Mas eu sempre fui fã de deixar as coisas acontecerem, de aproveitar o máximo o hoje e deixar o amanhã, para amanha. 
Precisamos pensar no nosso futuro, com certeza, mas não podemos focar nele e esquecermos de viver o presente. Precisamos viver um dia de cada vez, da melhor forma que conseguirmos, assim, quando dezembro chegar, não nos arrependeremos das coisas que não fizemos e sim, estaremos prontos para o próximo passo. 


Summer Girl

Laura Matias


São três meses. Três meses de paz. Três meses de sorrisos. Positividade, alegria. Sol, praia, surf. Três meses de ninguém triste. Três meses para esquecer da parte ruim da vida. Diversão, biquíni. Piscina, amigos. Leveza.
Dias de surf e noites de fogueira e violão na praia. Uma visão feliz criada para uma estação solar. Brisa que traz maresia.

A questão toda é que o verão não dura apenas três meses para algumas pessoas. As pessoas do verão. Estas pessoas, são elas que fazem o próprio verão e gostam de ser tão solares quanto sábado de janeiro. Sorriem tão calorosamente em julho quanto sorriem  em dezembro. São tão felizes num ônibus lotado quanto quando estão na praia com os amigos. Se sentem tão renovadas em um dia de chuva quanto quando pegam uma onda perfeita.

Cada um faz seu verão e escolhe o quanto ele vai durar. Se vai durar uma semana, três meses ou o ano inteiro. É questão de escolha.

Mas eu não vou me prolongar, porque eu sou verão o ano todo. Tá vendo aquela onda lá? Aquela que quebrou agora. Então, ela é minha. Se me der licença, tem uns tubos perfeitos quebrando bem ali. Eu sei que é inverno para o resto do mundo, mas para mim é verão. E tá dando surf. E eu não vou deixar o verão passar sem aproveitá-lo. Talvez ele nunca passe para mim. Tomara.

Boa sorte com as suas estações. Não esquece que é questão de escolha.


Ah, a propósito, você sabe aonde está a parafina?

Um passo de cada vez

Vitória Abdalla


Por mais que nos esforcemos a viver da melhor maneira possível, tirando o melhor de cada momento, às vezes é muito difícil.
A vida nos testa a todo o momento e nos deparamos com vários "não" pelo caminho. E é muito difícil seguir em frente sabendo que não se está satisfeito com a vida que se leva e não se pode fazer nada para mudar esse cenário.
Aquela história de que são precisos momentos ruins para se dar valor aos bons e às coisas mais simples é muito mais interessante na teoria, pois na prática dói. E dói muito.
É difícil se recompor ou, ao menos, demonstrar estar bem, sendo que, no fundo, nada faz sentido pra você.
Sei que Deus guarda o melhor para cada um de nós, mas às vezes é difícil compreender suas escolhas e o porquê de termos que sofrer para que possamos finalmente estar de frente com a felicidade.
A vida exige muito de nós e exige que sejamos fortes principalmente quando não sabemos de onde tirar forças para isso.
© Escritora por um acaso / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design / Ilustrações por: Kézia Martins
Tecnologia do Blogger.