HOME SOBRE RESENHAS ESCRITAS CONTATO PARCERIAS

Por Enquanto

Senti o sol tocar minha pele, corando meu rosto aos poucos. Ouvi os pássaros cantando e as ondas quebrando na areia. O vento soprou meu cabelo e a água do mar tocou de leve os meus pés. 

Fechei os olhos e respirei fundo e sorri. Lembrei-me de todos os sacrifícios que eu enfrentei para chegar até ali.

Era um fim de tarde com um por do sol em tom alaranjado, e a Califórnia mostrou a mim toda a sua beleza.
Olhei para o lado e ali estava minha amiga de infância. Olhei para o outro e vi minha prancha. Minha amiga sorriu e eu sorri para ela. Nós duas sabíamos que não tinha sido um caminho fácil até ali, mas nós havíamos chegado. Agora poderíamos sorrir em paz, sabendo que conseguimos.



Pegamos nossas pranchas e entramos no mar.
Eu sempre gostei do oceano e do imenso mistério que ele abriga. Esta imensidão que tem muito mais do que mostra. Do modo como ele encontra o céu na linha tênue entre o horizonte e as águas. Esta paz que nos é transmitida através das ondas. É sempre um novo cenário, mesmo que seja a mesma praia.

Fomos até onde as ondas já não podiam mais nos alcançar e deitamos em nossas pranchas, olhando o céu.
Assisti o por do sol mais lindo e imaginei o que eu estaria fazendo se não tivesse a força de vontade que tive para chegar lá.
Provavelmente estaria trabalhando em um lugar que eu não gosto, em uma rotina chata. Estaria conformada com a minha zona de conforto.
Ei, não poupe esforços para chegar no seu objetivo, pois eu não poupei e hoje estou exatamente na praia em que eu queria estar, com a minha amiga, com quem eu compartilhei lágrimas e sorriso durante todo o caminho. Todas as perdas e ganhos, todas as vezes em que pensamos em desistir. Quando se está em companhia as coisas se tornam mais fáceis.
A vida está aí esperando para ser vivida. O mundo está aí esperando para ser explorado. E você? Por que está esperando para ser feliz? 
Menos palavras, mais ações.

Laura Matias

2 comentários:

  1. Encontrei seu blog e é uma honra estar a ver e ler o que escreveu, quero felicitar-vos, pois é um bom blog, sei que irá sempre fazer o melhor, dando-nos boas noticias, e bons temas.
    Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo.
    Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog.
    PS. Se seguir, fique a saber que irei seguir também seu blog, deixe o link.
    António Batalha.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antonio! Uma honra é saber que eu tenho leitores que gostam do meu conteúdo. Escrevo por amor, esses são apenas alguns rabiscos que eu decido compartilhar. É maravilhoso saber que escrever, que me faz tão bem, faz bem aos outros também. Fico muito feliz quando recebo comentários como o seu, pois vejo que valeu a pena deixar a timidez de lado para postar meus textos.

      Obrigada por comentar.
      Com certeza visitarei seu blog.
      Beijos :)

      Excluir

© Escritora por um acaso / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design / Ilustrações por: Kézia Martins
Tecnologia do Blogger.