HOME SOBRE RESENHAS ESCRITAS CONTATO PARCERIAS

Quadros decorativos

(Fonte: Flávia Koloske)


Olá, leitores!

Estava viajando pelo mundo Pinterest e encontrei imagens de decoração de ambientes muito interessantes. Essas imagens me inspiraram a escrever o post de hoje e eu espero que vocês curtam.

Antes de começar, venho convidar vocês a conhecerem meu novo perfil no Pinterest, basta clicar aqui. Eu não conhecia a rede social ainda, mas amei logo de cara.

Você pode estar se perguntando se vale apostar em quadros na decoração do seu quarto, sala ou, até mesmo, home oficce. Mas é claro que vale!
As pessoas costumavam usar apenas um quadro na decoração com o receio de poluir visualmente o ambiente, mas essa ideia ficou para trás e existem várias formas de se usar quadros na decoração e você poderá conferir duas sugestões logo abaixo.


A primeira maneira de se usar quadros na decoração e que particularmente adoro é fazendo uma composição de quadros com a mesma moldura, porém com imagens, pinturas ou colagens diferentes. Essa forma é mais utilizada por pessoas que tem um certo receio de colocar muita informação na parede e por mais que seja simples, é linda.

Simplicidade

Olá leitores!
Eu tenho um vício muito grande em curtir páginas sobre poesia, com fotos engraçadas/fofas ou aquelas que possuem frases motivadoras.
Pensando nisso, resolvi expor um pouquinho desse meu lado aqui para vocês, então selecionei algumas fotos que me trazem alegria e que me fazem pensar sobre a vida.
Espero que gostem. Não se esqueçam de comentar e dizer o que acharam do post. Ficarei muito feliz em saber.
Vamos começar?!


(Foto: Acalmando o Caos)

(Foto: Acalmando o Caos)

É Esse o Segredo.

(Foto: Vitória Abdalla e Laura Matias)

Aqui estou eu, mais uma vez em inúmeras. Mais uma vez ouvindo minhas músicas desconhecidas pela maioria. Mais uma vez imaginando. Mais uma vez sonhando com um futuro mais próximo do que penso. Mais uma vez não deixando minha amiga dormir e a fazendo pensar como eu. É só mais uma noite de sono para alguns. Para mim é mais uma noite da qual eu visito o lugar que ocupa os meus sonhos e pensamentos.

As pessoas às vezes me julgam por sonhar tanto e não dar atenção ao que está ao meu redor. Mas, sempre me questiono sobre como seria minha vida sem minha capacidade de sonhar e ir além. Sei que tudo é possível quando se acredita naquilo e sei que sem esse espírito  que molda tão bem a minha personalidade, eu não seria tão eu. Eu gosto da pessoa que me tornei e a cada dia me orgulho ainda mais disso. Sei o quanto foram importantes todos os momentos que eu passei, mesmo que hoje, ao olhar para trás, não concorde com alguns deles. 

Por trás das minhas lentes

(Foto: Vitória Abdalla)

Olá, leitores!

Estava pensando no que postar aqui no blog e percebi que faz um bom tempo que não faço um post sobre fotografia por aqui. O último post de fotografia que fiz foi em homenagem ao Dia da Fotografia em janeiro e você pode conferi-lo clicando aqui. Não é por nada não, mas o post ficou bem legal!

E como vocês sabem que meu maior hobbie é fotografar, então falar sobre isso não é nada difícil para mim. Mas, como eu queria trazer uma postagem diferente, pensei em mostrar e falar mais sobre algumas fotos que eu postei no meu instagram, já que é a rede social que eu utilizo como um acervo e atualizo todos os dias - isso é um convite para você conhecer meu perfil, clicando aqui

Geralmente, quando vemos uma foto nas redes sociais, ela acompanha hashtags e/ou uma legenda - não necessariamente nesse ordem. Mas, o que será que há por trás daquela imagem? Será que foi simples tirá-la? Foi planejada? Ou foi por acaso? 

Então, continue lendo e venha descobrir o que há por trás das imagens que postei.


Quem você é hoje?

Olá leitores!

(Foto: Tumblr)


Nossa vida é feita de sonhos, expectativas, momentos tristes e felizes, indecisões e crises existenciais. Ela é feita de sorrisos, de lágrimas, de desejos, carinhos e brigas. Todas essas coisas nos definem e mostram quem somos e o que queremos ser.
Hoje eu quero ser psicóloga, ontem eu queria ser nutricionista, talvez amanhã eu queira ser médica, bailarina ou dentista. Quem é que sabe?!

Meu Lugar.


Foto: Laura Matias :)

Estou em um lugar do qual eu não pertenço. Estou nas montanhas. E, muito embora eu tenha nascido aqui, não sinto como se estivesse em casa. Minha casa é ao nível do mar.  

Cadê minha praia e meu cheirinho tão familiar de maresia pela manhã? 
Cadê o som que as ondas fazem ao quebrar no meu litoral?
Cadê as pessoas que andam de biquíni pela rua? Aqui as pessoas só andam de casaco.
Cadê minhas Havaianas e por que eu só uso tênis por aqui?

Kit sobrevivência


(Foto: Gilma Abdalla)

Olá, leitores!

Como vocês devem ter percebido, recentemente o blog tem tido muitos textos autorais. Inclusive, gostaria de agradecer aos lindos comentários que recebi nessas últimas semanas.

Mas, hoje, eu irei trazer um post diferente e que foi bem divertido de fazer.
Eu estava pela internet e vi em um blog (que eu não me lembro o nome) algumas dicas e ideias de posts para ajudar as blogueiras que estão naquele momento de falta de ideias e criatividade. Como achei a lista bem legal, aproveitei para usar algumas das ideias.

Todo mundo tem aquele item que é indispensável e que leva para todos os lugares, certo? Então, hoje eu vou mostrar quais itens são indispensáveis para mim. Ficou curioso? Continue lendo!




O amor!


Olá leitores!

Finalmente chegamos na tão esperada sexta-feiraaaaa! O final de semana bate em nossa porta e esperamos ansiosamente para lhe dizer que entre e fique a vontade. Nada como recarregar as energias após uma semana intensa e repleta de desafios.
Eu amo a sexta-feira muito mais do que amo o sábado. Pois é nesse dia que fazemos os planos para curtir o fim de semana, estar com quem amamos ou ver aquele filme favorito.
Vocês perceberam que o amor também está nas coisas simples?

(Foto: Vitória Abdalla)

[Resenha] Maze Runner Correr ou Morrer



Título: Maze Runner: Correr ou Morrer
Título original: The Maze Runner

Autor: James Dashner

Editora: V&R
Gênero: Drama, Ação, Suspense
Páginas: 426

Classificação: 




Sinopse: Um dia, Thomas, um garoto como qualquer outro, acorda dentro de um elevador, apenas com a lembrança de seu nome. Logo após a abertura das portas, Thomas se vê cercado por garotos, que o acolhem e mostram para Thomas a Clareira, um lugar completamente cercado por muros, que todos chamam de Labirinto. Thomas não sabe como foi parar naquele local e nem quem o colocou ali, assim como todos os outros. Sabe-se apenas que todos os dias os muros se movem e se fecham, e todo mês um novo garoto chega ao elevador, até que a rotina deles é alterada com a chegada de uma garota. O que será que isso quer dizer? Por que ela carrega na mão, um bilhete dizendo: Tudo vai mudar?

De volta pra casa

(Foto: Gilma Abdalla)

Rever tudo que fez parte da sua infância é tão renovador.
É indescritível a sensação de chegar onde tudo começou. Mais ainda perceber que tudo continua do mesmo jeito, assim como quando partiu.
Faz-me questionar se vale a pena desapegar do que é cômodo e se jogar no novo.
Sair das suas raízes para um lugar onde não se sabe nada e não se conhece ninguém é desafiador. Será que vale a pena?

Felicidade.

Será que todas as pessoas já sabem o que é realmente a felicidade para elas? Ou ainda estão achando que felicidade é o que elas querem que seja?

Fonte: Tumblr

Destinos cruzados

Aparentemente uma menina frágil escondida atrás de um óculos e fones de ouvido. Aparentemente um menino forte escondido atrás de um boné e regatas.
O que será que ela tanto ouve?
O que será que ele realmente pensa?
O que será que a faz se desligar facilmente do mundo e querer viver apenas no seu mundinho?
O que o faz querer demonstrar todos os dias uma força infindável e uma autoestima incomparável?
© Escritora por um acaso / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design / Ilustrações por: Kézia Martins
Tecnologia do Blogger.