HOME SOBRE RESENHAS ESCRITAS CONTATO PARCERIAS

Não se apega, não

Olá leitores!
Quem não gosta de ler, não é mesmo?! Confesso que já estava a bastante tempo na "ressaca literária", sem conseguir começar um misero livro, porém, uma amiga me emprestou esse, que é super demais, no qual estou adorando e me tirou desse período, que todo leitor já passou.
"Não se apega, não" é um livro bastante famoso, na qual muitas pessoas já comentaram e leram, foi bastante divulgado durante e pós lançamento, mas eu nunca me animei para conhecer. Que arrependimento!
Então, na tentativa de me redimir e incentivar vocês, o post de hoje é dedicado a ele! Espero que gostem.


Descrição: Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal per-fei-to! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.
Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado. 
Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.

Autora: Isabela Freitas.
Gênero: Auto ajuda (Eu particularmente não gosto de livro de auto ajuda, mas esse praticamente não parece que segue esse tema, então vale a pena ler).
Editora: Intrínseca.
Esse foi o post de hoje! Um grande beijo e até semana que vem!

2 comentários:

  1. Ahhhhhhhhhh, esse livro é INCRÍVEL!
    Realmente apesar de ele ser gênero auto-ajuda, ele não é no estilo que sempre vemos em livros desse gênero
    Ele é super leve, engraçado e até mesmo emocionante em algumas partes (sim, eu chorei em algumas partes haha)
    A gente se identifica demais com a personagem, porque aparentemente toda mulher já passou pelas situações que ela descreve.
    Tô doida pra ler o Não se iluda, não.

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  2. Eu também achei incrível!! Em breve terá um post sobre o "Não se iluda, não!
    Um grande beijo.

    ResponderExcluir

© Escritora por um acaso / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design / Ilustrações por: Kézia Martins
Tecnologia do Blogger.