HOME SOBRE RESENHAS ESCRITAS CONTATO PARCERIAS

Cultivar a si mesmo e transformar a própria existência em obra de arte

(Foto: Vitória Abdalla)

Vejo a obra de arte como o simples prazer de viver. Vejo a vida como algo além da existência. Vejo a existência como algo superficial.
É preciso entender, antes de tudo, que existir não é viver, e aqueles que apenas existem, não abrem seu olhar para o quão a vida é incrível e no quanto podemos fazer para torná-la inesquecível.
É com a prática de viver que vou reconhecendo quem sou, o que quero e o que faço.
Minha obra de arte não estará completa até que eu deixe de viver, pois todos os dias aprendo algo novo.
À medida que os anos passam, que a vida exige uma decisão, que as coisas acontecem, vou moldando a minha personalidade.
É importante viver para mim, respeitando sempre os limites das outras pessoas. A vida tem mais cor quando estamos acompanhados.
Viver, cultivar amizades, conquistar objetivos e metas, trilhar caminhos e ter a mente aberta para tudo faz com que, aos poucos, eu construa a minha obra de arte.

- Vitória Abdalla








- Vitória Abdalla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Escritora por um acaso / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design / Ilustrações por: Kézia Martins
Tecnologia do Blogger.