HOME SOBRE RESENHAS ESCRITAS CONTATO PARCERIAS

[Resenha] Como Viver Eternamente

Olá galera! Como vão? Então, hoje  eu vou resenhar um livro muito simples, mas muito forte.
Infelizmente é um pouco desconhecido. Confira:




Lido em: Julho de 2015
Título: Como Viver Eternamente
Autora: Sally Nicholls
Editora: Geração
Gênero: Romance
Ano: 2014
Páginas: 232



Classificação: 


Sinopse: Meu nome é Sam. Tenho onze anos. Coleciono histórias e fatos fantásticos. Quando você estiver lendo isso, provavelmente já estarei morto. Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. ”Como Viver Eternamente”, é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos.
"Ele não fala da morte, mas da vida.

Não fala do fim, mas da eternidade.

Não fala da tristeza, mas da alegria de viver."


"Você vai lendo,lendo e se encantando com a maravilha da vida e de seu sentido, seja lá que sentido for esse."


"Como viver eternamente não é um livro que pode ser lido por crianças acima de oito anos de idade, mas por qualquer ser humano de qualquer idade.

Basta ser humano.

E estar vivo."


Resenha

Primeiramente, este foi um livro extremamente tocante e forte para mim. A simplicidade de uma criança de 11 anos pode ser claramente percebida neste livro. A autora conseguiu dividir perfeitamente a pureza e a agressividade de uma doença tão fatal, presentes no livro todo. 

Sam é um garoto de 11 anos, colecionador de histórias e fatos fantásticos, apaixonado por dirigíveis, com um pequeno problema. Sam tem leucemia. Não tem muito tempo, mas muito o que fazer. Sam tem uma lista de coisas que quer fazer antes de morrer e nela entram coisas um pouco diferentes, como ocupar um lugar no livro dos recordes, andar de dirigível e muitas outras coisas. 

No decorrer da história conhecemos Felix. Felix também tem câncer. Os dois meninos se conheceram no hospital e viraram melhores amigos. 

Sam decide escrever um livro depois de um dia de aula, no qual sua professora dá a ideia e ele leva a sério. Em seu livro, ele coloca fatos, listas feitas por ele mesmo, e também a sua história.

"– O final do livro é de enorme impacto emocional – elogia o editor Emediato. – Ninguém quer morrer, mas já que temos que morrer, então que seja daquele jeito."

O livro termina com um testamento feito por Sam, uma lista de coisas para serem feitas quando ele morrer. É um livro simplesmente incrível. Recomendo. 

Então é isso gente! Beijinhos e até semana que vem.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Escritora por um acaso / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design / Ilustrações por: Kézia Martins
Tecnologia do Blogger.