HOME SOBRE RESENHAS ESCRITAS CONTATO PARCERIAS

Operação Férias - Parte II

Desculpem o sumiço, mas é que nessa época do Natal, eu estive muito ocupada.

Essa é a nossa última etapa da Operação Férias.
Já falamos sobre livros. E, quando se ouve falar nesse item, já nos vem em mente: E os filmes?
Então, nessa postagem falarei sobre 2 filmes incríveis:

1- UP Altas Aventuras

Sinopse: Quando jovem, Carl sempre gostou de aventuras. Fã do desbravador Charles Muntz, ele deseja também explorar o mundo a bordo de um balão, principalmente depois de conhecer Elle, uma garota que compartilha dos mesmos sonhos dele. Apaixonados, os dois se casam e constroem uma vida juntos. Com dificuldades para terem seu primeiro filho, que nunca veio, e constantes problemas financeiros, o casal adia seus sonhos de conhecer a América do Sul, até que ficam velhos e Elle falece. Ranzinza e rabugento, Carl se torna o oposto daquilo que esperava para si. Querendo apenas passar o resto de seus dias na casa em que viveu com a amada, ele é surpreendido por um empreendimento imobiliário que quer derrubar a residência. Para não acabar em um asilo, e sem nada a perder, Carl amarra milhares de balões na casa, que sai voando para que ele, enfim, viva Altas Aventuras. Porém, o homem não contava com Russell, um escoteiro que estava escondido por lá. Apegado à modernidade e precisando ajudar algum idoso para ganhar uma medalha, o menino mudará a forma de Carl enxergar o mundo.

Opinião: Foi minha mãe que me mostrou esse filme. Eu chorei ao assistir e achei a história muito linda.
Geralmente, eu fico apaixonada nesses filmes de animação e com esse não foi diferente.
Até hoje não entendo como a casa voou com balões, mas tudo bem, detalhes a parte.
Além do filme ser maravilhoso, nos passa uma mensagem muito importante: Dê valor enquanto você tem.


2- A Última Música

Sinopse: "Ronnie" Miller (Miley Cyrus) tem 17 anos, é filha de pais divorciados e seu pai (Greg Kinnear) mora longe de Nova York, numa cidade praiana. Após três anos de separação, ela ainda sente raiva por tudo o que aconteceu até o dia em que sua mãe (Kelly Preston) decide enviá-la para passar o verão com ele. Uma vez lá, depois de conhecer novas pessoas e paixões, ela encontra alguém que, além de bom músico e professor, é, acima de tudo, um verdadeiro pai.
Opinião: Eu adoro esse filme, claro. Aliás, história do Nicholas né?
Acho ele realmente muito lindo. Fora que é minha última memória da Miley que eu gostava.
Sem contar que eu sou apaixonada por piano, acho todo o livro muito romântico e com uma história sensacional.
Vale a pena assistir, acredito que irão gostar de verdade e caso se interessem, aproveita para ler o livro também, nunca é demais não é mesmo?



Espero que tenham realmente gostado da Operação Férias!








Operação Férias

Fala galera! As férias estão aí e muitas pessoas comemoram a sua vinda. Porém, não fazem ideia do que fazer para ocupar todo esse tempo livre. Estou aqui para ajudar a todos com a Operação Férias.
Irei dar dicas de livros para ler nas férias.
Sei que tem bastante gente que aprecia uma boa leitura, assim como eu que sou apaixonada. E, acredito que quando realmente se gosta de ler, falta de livro não é problema. Pois, sempre tem aquele amigo(a) que tem todos os livros que você sempre quis ter e ler. Não custa nada jogar um charminho, tentar a sorte e pedir emprestado.

Irei falar de seis livros, que são os que acho os melhores de todos que já li.
Sim, parecem poucos livros para ler durante as férias, que na maioria das vezes chega a dois meses.
Mas, para poupar o nosso cérebro de muitas informações, é para isso que serve a nossa Operação. Nada de apenas livros, vamos fazer outras coisas que assim como os livros nos passem bastante conhecimento e cultura.


1- Um Porto Seguro (Nicholas Sparks) - Nos momentos mais difíceis, o amor é o único refúgio.

Sinopse: Quando ma mulher misteriosa chamada Katie aparece na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades relutantes: uma com Alex, o viúvo, com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, a outra com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se muito próxima de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas.

Opinião: Eu acho este livro incrível. Já li, já reli e não me canso dessa história. É o meu livro favorito de todos.
A história é de encorajar qualquer pessoa que passa pela mesma situação que Katie passou. Este livro é bom para aqueles que gostam de livros de romance, porém dentre todos os livros do Nicholas Sparks esse é o romance menos meloso.


2- A Culpa é das Estrelas (John Green) - Você vai rir, chorar e ainda vai querer mais.

Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Opinião: Eu chorei muito durante a leitura deste livro. Assim como a própria frase diz: "Você vai rir, chorar e ainda vai querer mais." Mas, acredito que este livro é incrível pelo simples fato de mesmo eles estando enfrentando algo tão difícil, eles não se deixam abalar. Curtem tudo o que podem até o último instante.
Para quem gosta de uma história emocionante, rica e um tanto inteligente, vale a pena apostar neste livro que por sinal, é muito conhecido e falado no mundo todo.


3- Morte e Vida de Charlie St. Cloud (Ben Sherwood)- É como se, sem você, eu começasse a desaparecer.

Sinopse: Um coração dividido entre dois mundos. Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É neste mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a assim para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás – e a descoberta que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nossos corações.

Opinião: Esse livro é super interessante por ser diferente de todos os outros. A história se desenrola em duas fases: a morte e a vida de Charlie.
Acredito que vendo a sinopse e tendo uma visão superficial do livro não desperta tanto aquela vontade de ler. Mas, para quem tiver receio em começar a ler e não gostar, ele já foi adaptado em filme.
Na minha opinião, é uma história incrível e cheia de momentos de surpresas. Vale a pena conferir!


4- Para Sempre (Kim e Krickitt Carpenter)- A vida não é justa; é apenas a vida.

Sinopse: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

Opinião: Eu tenho uma ligação muito forte com livros que contém história real. E, por mais que essa história seja bastante triste, acho incrível e inesquecível. Acredito que é necessário momentos de tristeza e momentos ruins para se valorizar os sorrisos e momentos de alegria. Então, recomendo a todos este livro de superação e muito amor.


5- Um Amor para Recordar (Nicholas Sparks) - Nosso amor é como o vento. Eu não posso vê-lo, mas posso senti-lo.

Sinopse: Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.”

Opinião: Esse livro é apaixonante. Chorei muito quando li e ainda mais quando vi o filme.
Às vezes fico meio confusa quando percebo que geralmente as melhores e mais especiais pessoas sofrem. E as que fazem o mal? Estão sempre se dando bem. Isso me deixa bastante triste e esse livro retrata disso.
Mas, a história é incrível e acho que amor como esse é lindo e muito raro, por isso devem ser recordados sempre.


6- O Lado bom da vida (Matthew Quick) - A humanidade é uma bagunça. E não tem um lado bom.

Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele "lugar ruim", Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora.

Opinião: Apesar de ter ficado bastante triste com tudo o que Pat Peoples passou, achei a história genial. Ele é um homem determinado e capaz de conseguir aquilo que quer, admiro muito isso. Porém, nem tudo são flores, então há algo que o impede de simplesmente ser feliz com quem ama.
Essa história é realmente ótima e acredito que todos que já leram, gostaram. Então, recomendo a todos sem nem pensar duas vezes.


Espero que tenha gostado dessas dicas.





Nicholas Sparks

Hoje eu vou falar sobre o Nicholas Sparks!
Não sei se vocês sabem, mas eu sou completamente apaixonada pelos livros do Nicholas Sparks.
Adoro livros de romances e o que predomina as escritas do Nicholas é o romance.

O Nicholas veio ao Brasil ainda este ano participar da Bienal do Livro (Rio de Janeiro). Porém, eu não pude ir até a Bienal no dia em que ele estava aqui. Quem sabe da próxima, não é mesmo?


Então, segue abaixo a biografia do autor.


Nicholas Sparks




Nicholas Sparks (1965) é um escritor norte-americano, consagrado pelo mundo inteiro pela vendagem de seus livros.
Nicholas Charles Sparks nasceu em Omaha, Nebraska. Passou a adolescência na Califórnia. Começou a escrever quando tinha 19 anos. Com essa idade, escreveu o primeiro livro, porém, a obra não foi mais encontrada. Estudou Na Universidade de Notre Dame, onde formou-se em economia em 1998.






E, misturando minha paixão por leitura e minha paixão pelo Nicholas, descobre-se que eu tenho uma coleção de livros dele, publicados e adaptados no Brasil. Sim, eu tenho todos! Tenho muito ciúmes dos meus livros e fico de coração partido quando empresto algum deles. É muito amor, viu?

























Recomendo a todos/todas os livros do Nicholas. Eu acho as histórias particularmente incríveis.
Caso esteja meio pé atrás, dê uma olhadinha nos filmes que foram adaptados dos livros dele. (Mesmo todos sabendo que filmes é uma versão super reduzida dos livros e nem sempre é bom, vale a pena conferir.)

Segue a lista com os livros que foram adaptados em filmes:

*Clica sobre os nomes para assistir aos trailers.

Diário de uma Paixão
Uma Carta de Amor
Um Amor para Recordar
Noites de Tormenta
Querido John
Um Homem de Sorte
A Última Música
Um Porto Seguro


Espero que tenham gostado!




Livro Blog

Passei noites pensando em qual seria de verdade o primeiro post do blog.
E de tanto quebrar a cabeça, cheguei à conclusão de que irei postar um dos livros de minha autoria em capítulos para vocês acompanharem.
Eu acompanho um livro blog e achei essa ideia muito interessante para quem gosta de uma boa leitura ou para quem é iniciante como eu.
Muita calma... O blog não será em torno deste livro. Teremos outros assuntos abordados e tudo será normal como qualquer outro blog, porém para os fanáticos por leitura, terá um cantinho especial e vocês poderão desfrutar da minha história.

Sem muitas enrolações, segue aqui a imagem logo do meu livro que se chama Amor Inesperado.

Espero que vocês curtam a história.
Ah! Não se esqueça de deixar um comentário dizendo o que está achando da história.

Capítulo 1 O começo de uma longa jornada
- Sophie? Vamos logo! Você pode se atrasar - disse sua mãe.
- Já estou indo, mãe!
Sophie era uma moça de 22 anos de idade e pela primeira vez estava indo morar sozinha, estava indo ter sua vida independente, fazer faculdade e trabalhar em São Paulo. Para ela, aquilo era tudo muito incrível, nem ela mesma acreditara que o tempo passou tão rápido.
Sophie foi descendo as escadas com lágrimas escorrendo em seus olhos, quando de repente se deparou com um susto. É! Seu pai, muito brincalhão, deu-lhe um susto e com isso, conseguiu arrancar dela um leve sorriso.
Sophie colocou suas malas no porta-malas e sentou-se no banco de trás. Ao longo do caminho até o aeroporto, ela olhava pela janela do carro e via que estava deixando tudo aquilo para trás. Ela sabia que era por uma boa causa, ela precisava tentar uma vida melhor. E para isso, era necessário deixar os amigos, deixar sua família e começar tudo do zero.
Ao chegar ao aeroporto, logo ouviu:
Voo 270, voo 270, iremos decolar em 7 minutos.
Ela se despediu de sua família e de sua única amiga, Clarice, e foi em direção ao avião. Antes de entrar ela virou para trás e fez um sinal de tchau com uma lágrima no rosto.
Entrou no avião, sentou-se na janela, colocou seus fones de ouvido, e passou toda a viagem ouvindo músicas tristes e chorando, achando que tudo daria errado quando ela chegasse a São Paulo.

Quando o avião chegou em São Paulo e todos foram descendo, Sophie pegou suas malas e sentiu-se perdida. - O que eu vou fazer agora? Quem vai me ajudar? Onde eu estou? Para onde eu vou?
Quando ela desceu, começou a ficar super assustada, ela nunca havia ficado assim tão longe dos seus pais, ela não sabia o que fazer, para onde ir, o que comer.
Coisas como "O que você está fazendo aí? Vá embora!" predominavam sua cabeça. Ela olhava de um lado para o outro e não sabia o que fazer.
Ela foi até uma lanchonete e pediu pão de queijo com café. Quem sabe uma boa cafeína coloca seus pensamentos no lugar.
Quando Sophie estava prestes a terminar o lanche e levantar-se, um homem sentou em uma das cadeiras de sua mesa. Sophie levou um susto e chegou a cadeira um pouco para trás.
- Não se preocupe, não irei lhe fazer o mal - disse ele
Sophie preferiu não dizer nada. Apenas esperou que ele continuasse falando.
- Não me leve a mal, mas estava te observando e achei que você se enquadra bem no padrão de modelo fotográfica - continuou ele
- Agradeço, mas no momento não posso - rebateu ela
- Você é daqui de São Paulo? - perguntou
- Pareço ser? - perguntou Sophie desconfiada
- Não, por isso acredito que eu poderia lhe oferecer um emprego. Você parece meio perdida. Este é o meu cartão profissional, caso se interesse, me ligue. Estarei à disposição.
No mesmo instante, o homem misterioso levantou-se e deixou o cartãozinho perto de Sophie.
Ela precisou de uns minutos para entender a situação. Ficou olhando o cartão como se procurasse algo que ali não tivesse. Ela parecia pensativa.





Boas Vindas!


Olá pessoal!
Bom, este blog é novo e eu também sou nova nesse ramo de blogueira. Mas, espero e acredito que isso se tornará eterno na minha vida. Neste blog teremos de tudo e mais um pouco. Como: viagens, livros, dicas, moda e tudo o que envolve o nosso cotidiano.
Tudo começou quando criei um Tumblr, 18 de Outubro de 2011. Tenho meu tumblr até hoje (Confira clicando na palavra tumblr acima ou no T logo abaixo da minha descrição) e sempre atualizo desde então. Sempre gostei muito de escrever e sempre adorei mexer com a parte de CSS e HTML.
Acompanho vários blogs e confesso que meu sonho sempre foi ter um do meu jeitinho e com dicas minhas. É, estou realizando este sonho a partir de agora.
Sou escritora, tenho três livros, porém não publicados (Quem sabe um dia né!?).
Então, acredito que vocês irão gostar bastante daqui.
Beijinhos, continuem acompanhando.




© Escritora por um acaso / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design / Ilustrações por: Kézia Martins
Tecnologia do Blogger.